quinta-feira, julho 20, 2006

Maravilhosa Gail...

Acordo-me de um estranho despertar,
Toco-te tantas vezes sem te alcançar,
Sinto-te constantemente sem te ter,
Deixas-me a paixão n'alma a ferver.

A barreira ergue-se, de tal jeito,
E no diminuto tempo, a dor no peito,
Rasgando o corpo para se libertar,
Desse meu desejo por se realizar.

Mas a tristeza e a saudade maldita,
Desta nossa vida ninguém ressuscita.
Como é possível continuar a viver?

Trago em minh'alma o sentir frustrado,
Por nunca te ter tido ao meu lado,
De não poder amar-te antes de morrer.



Foto de:
Gavin O'Neill

14 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

Lindo e com sabor anostalgia! Excelente!

ÍntimoSedutor disse...

Olá Amigo.
Cá estou e gostei muito do texto,
inspiras uma certa nostalgia, aquele amor que se quer e não podes ter....Pq nós poetas somos eternos solitários?
Com relação ao seu comentário,
a idéia foi passar para todos o
que cada um vê na foto, eu sei o que significa, mas se eu revelar perde a magia, por isso deixei cada um ler e observar e criar sua própria idéia....
Abraço...

o alquimista disse...

Não desistas Amigo, a vida é feita de encanto e desencantos, espelho em mil pedaços...lindo poema, merecia ser osquestrado.

Um abraço

Luna disse...

Sempre esperamos encontrar algo ou alguem que nos complete...quem sabe um dia aconteça
beijos

Cris disse...

Será que estou enganada ao notar alguma mágoa neste post?. Espero estar sim, e que sorrias muito e sempre.
Um beijo

Ana disse...

Muito bonito...

Paulo Sempre disse...

Muito bem!!!

paulo

Marlene Maravilha disse...

Eu voltei no tempo e me encontrei nesta linda poesia. Sempre fica para trás, algo assim deste jeito, desta maneira, na nossa vida.
Foi bom, muito bom, apesar de meio sofrido. Fiquei com saudades.
Parabéns!
abraços

dreams disse...

deixem-me sonhar...
pelo menos em sonhos posso ter quem amo...

triste o teu soneto... vale-nos o sonho...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

p.s. obrigada pela visita...
ah... e não faltou não :)

sensualidade disse...

Olá Marco
lindo este posto
mas...
um tanto ao quanto triste
:))))))
beijoooooo

DoceDeBoca disse...

Ola vim agradecer o teu comentario no meu blog...Obrigada es sempre bem vindo vonta sem que queiras. Qianto ao teu espaço acheio marvilhoso. Tens uma escrita muito sensual. Noto aqui uma certa sensibilidade erotica na tua escrita.
Porque há momentos em que as palavras não chegam?
Alturas há para as quais palavras não bastam.
Entristeço-me... Porque nada mais ha para oferecer.
Restam as palavras... Palavras que não Ha agora.
Palavras que tocam como nada pode tocar.Simplesmente Palavras.

um beijo, prometo voltar

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anónimo disse...

Hi! Just want to say what a nice site. Bye, see you soon.
»

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»