domingo, junho 17, 2007

Arrancando promessas à toa...


Foto de Paulo César

Arrancando promessas à toa,
Minha boca na tua, explorando,
Como se rasga o mar com a proa,
Minha língua na tua, brincando.

Achega-te... docemente molhada,
Mata a inocência, liberta a alma,
Solta os caprichos, danada...
Enterra para sempre essa calma.

Beija-me como a magia da luz,
Oferece-me esses lindos lábios,
E no conhecimento de quem seduz,
Transforma os meus em sábios.

Grito o desejo que me enlouquece,
Quando essa boca a minha apetece.

5 comentários:

Sú disse...

Lindo, amore!!
Como sempre...
Beijos

Paula Raposo disse...

Gostei!

lobices disse...

...venho (atrasado) agradecer e retribuir a amável visita no luso poemas
...um abraço

ZezinhoMota disse...

Vim ler um pouco depois de longa ausência e aproveito para deixar-lhe um abraço.

ZezinhoMota

www.paulocesar.eu disse...

boa noite, gostei de ver esta minha foto bem acompanhada pelas palavras, obrigado pela divulgaçao do meu trabalho, abraço, paulo cesar, www.paulocesar.eu