quarta-feira, abril 25, 2007

Sonhos são desejos e eu tenho muitos


Foto de Emanuel Amaral

Sonhos são desejos e eu tenho muitos,
Muitos de solidão, outros de coração,
Sonhos são viagens, vidas de mitos,
Vividas nas margens de uma oração.

Sonhos são vivências e tenho bastantes,
Muitas são no futuro, outras no passado,
Umas em que choro, outras gritantes,
Algumas doces, outras de trago amargurado.

Sonhos? Que Sonhos? Em muitos anos,
Foram muitos os sonhos inventados,
E mesmo os tormentos pirateados,
Foram sempre sonhos de enganos.

Sonho sem sossego, sem sossego,
Que Sonho afinal me transtorna?
Que Sonho este que me faz cego?
Me desgasta a vida e a paz suborna!

1 comentário:

Secreta disse...

Sonhar é viver .. eu sonho mt!
Bonito poema :)