terça-feira, setembro 02, 2008

Furacão em forma de mulher


Foto de C.B.


Furacão em forma de mulher,
Que me roubou este meu sossego
Rasgando-o mesmo ser querer,
Que do vórtice nasceu o apego.

É um rodopio sem parar, sem querer,
E dessa dança rodamos extasiados,
Criando um turbilhão de prazer,
Na tontura dos corpos embriagados.

Rasgando o horizonte azul profundo,
O temporal vai devorando a terra,
Seus cabelos como que encerra,
Todos os mistérios deste mundo.

E meu corpo zonzo ainda implora,
O sentir dos ares que explora.

2 comentários:

Anónimo disse...

hello! descry mac bit torrents here
http://www.gamingmajor.com

Anónimo disse...

Anyone ever used: www.designsonline.co.uk before?